terça-feira, 24 de agosto de 2010

Perigos da infiltração articular


Desde a descoberta dos medicamentos muitas técnicas tem sido tentadas para aliviar a dor e sofrimento dos doentes, um dos métodos mais conhecidos e utilizados em meados do século XX foi a infiltração articular. O método é baseado na injeção de medicamento dentro da aritculação através da utilização de antiinflamatórios ou antibióticos no local da lesão. O problema deste método é que ao injetar medicamento o profissional pode permitir a infecção da articulação e daí o paciente pode vir a desenvolver uma infecção generalizada, ou até mesmo a destruição exacerbada da camada de cartilagem já danificada com a biomecânica corporal, como o excesso de peso, uso inadequado da articulação e traumatismos. Outros problemas do método é o aumento da pressão arterial e da glicemia, sendo estas condições patológicas que impedem o uso nesses pacientes, e necessitando de criteriosa avaliação médica e fisioterapêutica. O melhor mesmo, no caso de dores articulares são o repouso na fase aguda, técnicas analgésicas e reabilitação neuromuscular usadas na fisioterapia. Portanto em caso de dor procure sempre um fisioterapeuta.


Dr. Gilmar de Oliveira Barros Silva
Fisioterapeuta
Especialista em Fisiologia Humana e Biomecânica
Especialista em Gestão de Sistemas e Serviços
Mestre em Saúde Coletiva